quarta-feira, junho 23, 2004

Florbela Espanca

Florbela Espanca

"Sou aquela que passa e ninguém vê...
Sou a que chamam triste sem o ser...
Sou a que chora sem saber porquê...

Sou talvez a visão que Alguém sonhou,
Alguém que veio ao mundo pra me ver
E que nunca na vida me encontrou!"

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home